Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Carne Vermelha

Por Antonio Fernandes

Carne vermelha
rosada por dentro
molhada excitada
amaciada com dedos
abro aprecio e chupo
vou dar lambidas
vou tremer a língua
beijar me esfregar
arranhar essas coxas
carne vermelha
rosada por dentro
pede mais que meus dedos
exige tudo de mim
força músculos dança
um membro rijo posto e grosso
colocado devagar
só na cabeça
e depois tudo e forte
e metido pau qual for a sorte
comer suas entranhas seus pedaços
seus pudores
carne vermelha
rosada por dentro
vai ser judiada chupada lambida
fodida toda
posta a prova dos sabores dos pedaços
do meu corpo dentro do
seu corpo que já se
contorce grita sacode
implora por mais do mais quanto mais
melhor
carne vermelha rosada por dentro
vou deixar ao ponto
temperei e agora vou comer
de quatro de lado
empina esse rabo
caralho  gostosa
e lá vai piroca
carne vermelha
rosada por dentro
gozou uma, duas, três
foram horas
quantas horas
a playlist até
parou de tocar
quanto tempo estamos
aqui
já amanhece
e pela terceira vez
vamos começar…

Últimas postagens

Posso escrever os versos mais tristes esta noite

Áquila

Espíritos

Track

Que queres?

Como brincar de Tinder

Sento-me

mais que antes, menos que depois

Polain

Tequila